INSCRIÇÕES ABERTAS!

blog

“NÃO ME CONFORMO DE VER BAIXAREM À TERRA DURA OS CORAÇÕES AMOROSOS”

Uma homenagem da Católica ao professor Luiz Eugênio, em nome dos professores, colaboradores e especialmente de todos os alunos.

Profundamente marcada, no coração de seus alunos, docentes e gestores, pela falta que não tem cura de um de seus mais queridos professores, a Universidade Católica do Salvador toma emprestados os versos da poetisa  americana Edna St. Vincent Millay para homenagear o professor Luiz Eugênio.

Canto Fúnebre Sem Música
(Edna St. Vincent Millay)

Não me conformo em ver baixarem à terra dura os corações amorosos,

É assim, assim há de ser, pois assim tem sido desde tempos imemoriais:

Partem para a treva os sábios e os encantadores.

Coroados De louros e de lírios, partem; porém não me conformo com isso.


Amantes, pensadores, misturados com a terra!

Unificados com a triste, indistinta poeira.

Um fragmento do que sentias, do que sabias,

Uma fórmula, uma frase resta — porém o melhor se perdeu.

As réplicas vivas, rápidas, o olhar sincero, o riso, o amorforam-se embora.

Foram-se para alimento das rosas.

Elegante, ondulosa é a flor.

Perfumada é a flor. Eu sei. Porém não estou de acordo.

Mais preciosa era a luz em vossos olhos do que todas as rosas do mundo.

Vão baixando, baixando, baixando à escuridão do túmulo

Suavemente, os belos, os carinhosos, os bons.

Tranquilamente baixam os espirituosos, os engraçados, os valorosos.

Eu sei. Porém não estou de acordo. E não me conformo.

(Uma homenagem da UCSAL ao professor Luiz Eugênio)

Accessibility