Disciplinas    
 
 
 
 
 
 
  Contatos
 
A integralização dos créditos para a obtenção do título de mestre corresponde a 32 créditos.

Horário do Curso:
matutino, com aulas de 8:00 às 11:40h. Nos primeiros dois semestres, o ideal é que o aluno disponha de três manhãs por semana, para cumprir os créditos em disciplinas.

Duração: 02 anos

Clique no nome das disciplinas para acessar as ementas e referências bibliográficas.

 

DISCIPLINAS OPTATIVAS

Teorias da Cidadania

Ementa

A disciplina analisa as principais teorias da cidadania que fomentam o debate ocidental contemporâneo, centrando em autores como Hannah Arendt, Jurgen Habermas e John Rawls. Busca-se compreender as semelhanças e diferenças que conceitos-chave para a análise da cidadania, como democracia, direitos humanos, participação e esfera pública assumem à luz da reflexão desses autores. Em um segundo momento, o curso volta-se para a análise da cidadania no Brasil, visando o estudo das particularidades de nossas questões no marco teórico proposto.

Bibliografia

A Declaração de Independência dos Estados Unidos da América de 4 de julho de 1776.
ARENDT, Hannah. A condição humana. In: ______. A condição humana. Rio de Janeiro: Forense, 1995, cap. 1, p. 15-31.
ARENDT, Hannah. As esferas pública e privada. In:_____. A condição humana. Rio de Janeiro: Forense, 1995, cap. 2, p. 31-90.
ARENDT, Hannah. Crises da república. São Paulo: Perspectiva, 1999.
As Primeiras Dez Emendas à Constituição dos Estados Unidos da América, 1791. 
AVRITZER, Leonardo. Ação, fundação e autoridade em Hannah Arendt. Lua Nova, São Paulo, 68, 147-167, 2006. Disponível em: www.scielo.br
BOBBIO, Norberto. A herança da Grande Revolução. In: _____. A era dos direitos. Rio de Janeiro: Campus, 1992.
BOBBIO, Norberto. A Revolução Francesa e os Direitos do Homem. In: _____. A era dos direitos. Rio de Janeiro: Campus, 1992.
COHEN, Jean e ARATO, Andrew. Civil society and political theory. Cambridge: MIT Press, 1992, Introdução.
COHEN, Jean. Sociedade civil e globalização: repensando categorias. Dados. Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 46, n. 3, 2003, p. 419-459.
COSTA, Sérgio. Esfera pública, democracia, configurações pós-nacionais. In:_____. As cores de Ercília: esfera pública, democracia, configurações pós-nacionais. Belo Horizonte: UFMG, 2002, cap. 8, p. 153-198.
DAGNINO, Evelina, OLVERA, Alberto e PANFICHI, Aldo. Para uma outra leitura da disputa pela construção democrática na América Latina. In: ______. (org). A disputa pela construção democrática na América Latina. São Paulo, Paz e Terra, 2006.
Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, 1791.
Declaração Universal dos Direitos do Homem, 1948.
GOHN, Maria da Glória. Teoria dos movimentos sociais. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 2002, p. 273-382.
HABERMAS, Jurgen. Liberalismo político: um debate com John Rawls. In: ______. A inclusão do outro: estudos de teoria política. São Paulo: Loyola,  2004.
HABERMAS, Jurgen. Para a reconstrução do Direito (2): os princípios do Estado de Direito. In: _____. Direito e democracia: entre facticidade e validade, vol.1. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997, p. 169-240.
HABERMAS, Jurgen. Soberania do povo como processo (1988). In: _____. Direito e democracia: entre facticidade e validade, vol. 2. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997, p. 249-278.
HABERMAS, Jurgen. Sobre a relação interna entre Estado de direito e democracia. In: _____. A inclusão do outro: estudos de teoria política. São Paulo: Loyola,  2004.
HABERMAS, Jurgen. Três modelos normativos de democracia. In: _____. A inclusão do outro: estudos de teoria política. São Paulo: Loyola,  2004.
MARSHALL, T. H. Cidadania e classe social. In: _____. Cidadania, classe social e status. Rio de Janeiro: Zahar, 1967, p. 57-115.
RAWLS, John. Justiça como equidade: uma concepção política, não metafísica. Lua Nova, n. 25, 1992, p. 25-59.
RAWLS, John. O liberalismo político. São Paulo: Ática, 2000, parte II.
RAWLS, John. Uma teoria da justiça. Brasília: UnB, 1981, primeira parte.
Relatório sobre a participação da sociedade civil no contexto da Reforma da ONU (A/58/817). Disponível em: http://daccessdds.un.org/doc/UNDOC/GEN/N04/376/44/PDF/N0437644.pdf?OpenElement
SCHWARTZ, Roberto. As idéias fora do lugar. In:_____ Ao vencedor as batatas. São Paulo: Editora 34, 2000.
SOUZA, Jessé. Raça ou classe? Sobre a desigualdade brasileira. Lua Nova. São Paulo, 65: 43-69, 2005.
VIEIRA, LISZT. Os argonautas da cidadania. A sociedade civil na globalização. Rio de Janeiro: Record, 2001, p. 219-282.
YOUNG, Íris Marion. Representação política, identidade e minorias. Lua Nova. São Paulo, 67, 2006.

 

UCSal - Universidade Católica do Salvador
© 2004 - 2010. Todos os Direitos Reservados